PIS 2019 – saiba quem tem direito, como consultar online e como sacar o benefício

610

O PIS, Programa de Integração Social, faz parte dos direitos reservados aos trabalhadores de empresas privadas. Os de empresas públicas tem o benefício também, mas é chamado de PASEP.

O fato é que mesmo quem tem direito ao PIS não sabe disso, muitas vezes. E quando sabe, fica em dúvida sobre como consultar o saldo disponível ou sobre como ficar sabendo quando o dinheiro estará disponível para saque.

A ideia deste conteúdo é justamente sanar todas essas dúvidas. Acompanhe!

Consultar o PIS pelo celular

Antes de entender tudo sobre o programa, uma boa ideia é baixar o aplicativo Caixa Trabalhador, que é gratuito e permite a todas as pessoas cadastradas no programa verificar seu saldo, extrato e informações online.

PROPAGANDA

Esse aplicativo é legal até mesmo para você saber se tem direito ao PIS, qual é o valor do PIS, o calendário do PIS e qual é a agência da Caixa mais perto de você para a hora de sacar o PIS.

Independente se você tem um Android ou iOS ou Windows Phone, você pode baixar de graça. Acesse o site e veja como.

Quem tem direito ao PIS e qual é o valor?

Tem direito ao Abono Salarial do PIS todas as pessoas que estão cadastradas no programa há, pelo menos, 5 anos. Mas, há outras regras fundamentais a seguir também.

Como o fato de não ter recebido salário maior do que 2 salários mínimos durante o último ano, ter trabalhado ao menos por 30 dias e ter todos os dados informados corretamente no RAIS, que é a Relação Anual de Informações Sociais.

Quanto ao valor do PIS, é preciso saber que ele segue a Lei 13.145/15, portanto, isso quer dizer, que ele é totalmente proporcional ao tempo de trabalho do ano base. Assim, o valor será dividido por 1/12 do salário mínimo.

É fácil fazer essa conta: quem trabalhou os 12 meses vai receber o salário mínimo inteiro no valor de R$ 998 e, já que trabalhou 1 mês receberá 1/12 do todo, que dá R$ 84. Quem trabalhou 2 meses, R$ 167 e assim por diante.

Como receber o benefício do PIS?

Quem é correntista da Caixa ou tem uma conta poupança aberta e ativa lá pode optar pelo débito em conta ou crédito em conta. Isso porque a Caixa Econômica Federal é a responsável pelo pagamento desse programa.

Ao aderir à esse tipo de transferência, a pessoa recebe o dinheiro na conta, diretamente.

Agora, quem não tem a conta aberta na Caixa precisa seguir outro caminho. Um deles é ir até as casas lotéricas, os caixas eletrônicos ou os correspondentes da Caixa Aqui com o Cartão Cidadão e a senha.

Já o último caminho para receber o PIS é ir até uma agência da Caixa, na boca do caixa e apresentar o número do PIS e o documento oficial com foto, que pode ser o RG ou a CNH, por exemplo.

PROPAGANDA