10 vícios que a gente tem e custam caro

3

Você sabia que existem gastos que temos quase sem perceber? Isso é chamado de consumo inconsciente. No fundo, são hábitos nada saudáveis que temos e que acabam se tornando vícios ao longo do tempo.

Abaixo você confere os principais deles e, com certeza, vai se identificar com alguns. Se isso acontecer, comece a prestar mais atenção nos seus hábitos.

A partir do momento que você muda os hábitos financeiros ruins que tem e começa a praticar bons hábitos, a sua vida financeira muda para melhor.

O primeiro passo para isso é verificar os vícios. Faça isso considerando os tópicos abaixo.

1 – Bebidas Alcoólicas

Com certeza está na lista dos vícios que mais te fazem gastar dinheiro.

E isso acontece por vários motivos. Um deles é pelo preço da bebida. Há incríveis garrafas de vodcas que ultrapassam os R$ 500, por exemplo.

Mas, não é só isso.

Também a pressão da sociedade, que diz que quem não bebe não se socializa. O que é um erro.

E, por último, dá para ver que o consumo de bebidas alcoólicas sempre te influencia a beber mais um copo, mais uma garrafa e mais uma caixa. Assim, você sempre gasta a mais.

2 – Cigarro e outras drogas

Não há muito o que dizer sobre o cigarro e outras drogas. Eles são péssimos para o seu organismo, isto é, para a sua saúde.

Além disso, pode te fazer gastar um bom dinheiro todos os dias, meses, anos. É só fazer as contas para ver o resultado.

Exemplo: 1 maço de cigarro por dia dá R$ 10. Aí, no ano temos 365 dias. Na conta, temos um desperdício de dinheiro de R$ 3.650. Bastante dinheiro, não?

3 – Jogos

Se você é das pessoas que jogam cartas valendo dinheiro ou participa de muitos bingos profissionais ou mesmo outros jogos, possivelmente, você deixa nesses lugares mais dinheiro do que deveria, né.

Na TV mesmo tem passado muitas histórias de pessoas que tem o vício dos jogos. E perdem muito dinheiro com isso, obviamente.

Em casos extremos, como no caso das bebidas e do cigarro, a saída pode ser procurar ajuda médica.

4 – Games

Também está em alta. Tem muito jovem que tem o game como vicio, o que é ruim para o bolso.

E em “games”, a gente inclui jogos de vídeo game, de celular e de computador.

Os gastos são significativos tanto em acessórios para o aparelho como em vidas, bônus e fantasias para os personagens de dentro dos jogos.

O vício é facilitado por quem compra no cartão de crédito e por impulso. O resultado vem no outro mês, no pagamento da fatura e não é nada bom.

5 – Esportes

Sim, acredite se quiser. A prática de esportes, quando feita de forma exagerada, pode resultar em negativos ruins para o seu orçamento financeiro.

Imagine para um atleta que corre no amadorismo e gosta de participar de provas todos os finais de semana. No final do mês, ele vai ter gasto um bom dinheiro com isso.

Claro que participar de provas é algo positivo para a saúde. No entanto, é preciso ter equilíbrio com a questão financeira.

Ao invés se correr em provas fechadas todos os finais de semana, por que não correr apenas 2 vezes no mês e aí, treinar gratuitamente no parque nas outras vezes?

6 – Happy Hour

O happy hour é bom para a vida profissional e pessoal. É altamente recomendável do ponto de vista da saúde e do bem-estar.

No entanto, nem sempre esses momentos são custeados pela empresa e isso pode pesar no bolso do trabalhador sim.

Atualmente, os custos envolvem comidas e bebidas. E se for em um lugar externo à empresa, ainda tem taxas de serviços e entradas, por exemplo.

Talvez, nesse caso, a redução de happy hour ou a escolha de lugares mais baratos pode fazer a diferença para o seu orçamento. Pense nisso.

7 – Café na padaria

Comer fora de casa é sempre um gasto a mais do que fazer a própria comida. E isso vale também para os pequenos gastos, como do café.

Tomar café na padaria todos os dias é caro e pode prejudicar o seu orçamento financeiro. Isso porque a soma mensal do custo é grande. É a mesma ideia do cigarro, que foi citado aqui no texto.

Com certeza, você comprar um pote de manteiga, pó de café e preparar tudo em casa fica mais barato na soma final. Para isso, faça as contas.

O café na padaria, inclusive, é um dos vícios ocultos que temos. O motivo é que, geralmente, são gastos mais baixos. É por isso que merece atenção total para não furar o seu salário.

8 – Promoção

Você é daqueles que vê uma promoção e compra porque o valor está compensando? Cuidado!

Essa artimanha da indústria pode te fazer comprar sem precisar, o que significa gastar dinheiro à toa.

Imagine que você vai até a loja comprar uma calça que custa R$ 70. Aí, nota que se comprar 3, elas saem por R$ 60 cada. Isso compensa, não?

Sim. No entanto, você não precisa de 3 calças, né? Então, ao invés de gastar R$ 70 vai acabar gastando R$ 180. E isso pode atrapalhar seu planejamento financeiro.

Cuidado com as promoções, ofertas e oportunidades incríveis que você vê por aí.

9 – Pacotes

Os pacotes de serviços também são verdadeiras pegadinhas. Você paga um pacote de canal com mais de 200 opções… Mas, quantos vocês assistem?

O mesmo vale para o plano de internet, do celular, dos games e tudo mais que funciona em forma de “pacote”.

É como pedir os combos de alimentos. 1 esfiha te custa R$ 3. Mas, se você pedir um combo com 30 esfihas, cada uma sai R$ 2,8. Agora se você está sozinho em casa para quê vai pedir 30 esfihas?

Ainda que o pacote ou combo compensa, vale a mesma ideia da promoção: para que tudo isso?

10 – Passear no Shopping

O último vício que vamos citar aqui é o de passear no shopping.

O lugar é climatizado e tem muita atratividade. Só que vai te levar ao consumo porque tem muitas lojas com promoções.
Então, você tem a alternativa de ir e focar em não fazer compras desnecessárias.

Ou você pode optar por outras formas de passeios, que sejam gratuitas e não te levem ao consumo.