Saiba quanto custa comprar um apartamento financiado na Caixa

19

A gente foi atrás e fizemos uma simulação de um apartamento na Caixa. Na real, esse tipo de compra não compensa nada! Os financiamentos existem porque as pessoas querem ter os bens e pagar parcelado.

Mas, do ponto de vista financeiro, isso é bem ruim para o seu bolso. A gente vai resumir o que aconteceu, mas não deixe de ler até o fim, tá bom?

Um apartamento de R$ 198 mil pode ser financiado em 30 anos e vai custar R$ 340 mil. Por outro lado, investindo apenas R$ 250 na poupança todos os meses, em 30 anos, vai te fazer ter R$ 186 mil na conta.

Consegue ver a diferença disso? Entenda!

A simulação

PROPAGANDA

A gente fez uma simulação do financiamento imobiliário em uma agência física da Caixa Econômica Federal. Mas, considere que hoje em dia existem várias plataformas digitais que também fazem essa simulação online, sendo que não precisa ir na agência.

A gente considerou um imóvel de R$ 198 mil no interior de São Paulo para um casal que tem renda comprovada de pouco mais de R$ 2 mil.

Aí, alguns resultados apareceram bem rapidamente, como a entrada mínima, que era de R$ 60 mil. Portanto, para quem tem renda de R$ 2 mil, acumular R$ 60 mil poderia ter o seu tempo e valor, não é mesmo?

Mas, não é só isso, claro. O restante poderia ser dividido no programa Minha Casa Minha Vida com juros baixos, a partir de 5,5% ao ano. É um valor realmente baixo se comparado com outros créditos do mercado.

Só que o que a gente esquece é que esse valor, ao longo dos 360 meses, acaba fazendo com que o consumidor pague bem mais pelo imóvel do que ele realmente está valendo no preço à vista. Veja no tópico abaixo.

O resultado

Na simulação do financiamento de um apartamento que fizemos, a entrada ficou de R$ 60 mil como foi dito. Isso porque o valor se somou à um subsídio do governo (Minha Casa Minha Vida) de pouco mais de R$ 10 mil.

Aí, vão entrar 2 novos valores que precisam ser vistos, vamos lá.

Primeiro, temos os juros de obra porque fizemos a cotação de um imóvel na planta, né. Então, até que a obra fique toda terminada, a gente tem um custo aí que é de R$ 500, valor que pode chegar até o valor máximo da parcela.

E o valor máximo da parcela, que é aquele que vamos pagar quando o imóvel estiver pronto, ficou em R$ 750. Isso em 360 meses.

E aí é só você fazer as contas para ver quanto o imóvel vai custar. Vamos te ajudar com isso. São 360 pagamentos de R$ 750, o que dá R$ 270 mil. E isso somado aos R$ 60 mil de entrada e mais os R$ 10 mil do subsídio.

Então, o imóvel acabou custando R$ 340 mil. Isto dá R$ 142 mil a mais, certo?

Portanto, não vale a pena!

Portanto, mesmo que a gente esteja pagando um bem que será nosso, como todo mundo diz, existe uma diferença muito grande do que o imóvel vale à vista e do quanto vamos pagar ao fim do tempo.

Por isso, a saída é comprar o imóvel à vista. Se isso não puder acontecer, temos aqui outra consideração a ser feita também.

De uma forma ou de outra, você vai ter que juntar esse dinheiro todo, certo? Inclusive, os R$ 60 mil de entrada, não é mesmo?

Então, vamos fazer uma imaginação aqui ó: ao longo desses 30 anos, se você poupar R$ 170 por mês e investir em uma aplicação ruim, como é a poupança, vai ter somado uns R$ 120 mil, sabia?

Portanto, comece ver a diferença entre receber juros e pagar juros. Por um lado, você tá comprando um imóvel de R$ 200 mil em 30 anos e pagando um valor de R$ 340 mil.

Por outro, quando se investe, você está “gastando” R$ 61 mil e juntando o dobro, mais de R$ 120 mil. Olha a diferença disso.

De R$ 340 mil gastos para R$ 61 mil gastos. Claro que você vai ter o apartamento e isso tem o sue valor. No entanto, vamos fazer outra conta agora.

Sabe aquelas parcelas de R$ 750 que você pagaria no financiamento? Se forem investidos na poupança ao longo dos 30 anos vai te fazer ter R$ 560 mil. Sabia? Daria para comprar praticamente 3 apartamentos iguais esses à vista.

Tenha planejamento!

Ao final do artigo, o que é que a gente quer que você pense? Que o financiamento de imóveis é uma boa ideia para ter o imóvel próprio, no entanto, isso é bem ruim do ponto de vista financeiro.

Se você tem a ideia de morar com alguém ou casar, saiba que dá para morar de aluguel sim. Faça isso com contratos e tudo mais, que é mais vantajoso.

Mesmo que você tenha que pagar o valor do aluguel, saiba que se conseguir juntar dinheiro, mesmo que pouco, ao longo dos anos você vai ter muito dinheiro guardado, mais até do que o valor do seu imóvel que seria comprado no financiamento.

Quer ver uma coisa?

Você consegue juntar R$ 250 por mês? Saiba que em 30 anos, isso se torna R$ 190 mil na poupança. Que é o valor do apartamento à vista. Então, você poupou R$ 90 mil (360 x R$ 250) e tem o apartamento.

No financiamento, você pagou R$ 340 mil para ter o mesmo bem.

Conseguiu ver essa diferença entre comprar o imóvel financiado e juntar o dinheiro – mesmo morando de aluguel?

PROPAGANDA