5 áreas que permitem a economia de dinheiro em viagens internacionais

16

Quando o seu destino é outro país, provavelmente, os seus sentimentos afloram. Conhecer novas culturas e novos lugares é algo que nos motivas e mexe com o nosso psicológico, de forma positiva.

Afinal, conhecer lugares novos é algo único.

O problema é que nem sempre isso é possível devido aos gastos que se tem em viagens ao exterior. Dá para pensar na compra de passagens aéreas, por exemplo, que consomem boa parte do orçamento financeiro.

E não é só isso.

Tem ainda custos com a alimentação, hospedagem e até mesmo a compra de moedas internacionais, como o dólar, o euro, o peso. Etc.

PROPAGANDA

Com isso em mente, a pergunta que fica é: será que dá para viajar para outro países sem gastar muito? A verdade é que dá. E existem muitas boas histórias que comprovam isso. Inclusive, dá até para gastar menos do se gastaria em alguns destinos nacionais.

Então, com essa missão (de viajar para fora do país sem gastar muito) nós selecionamos 5 áreas da viagem que permitem a economia de dinheiro. Acompanhe aí.

1 – as finanças

Se você tem um bom controle financeiro, então, sabe que dá para economizar em várias áreas seguintes, não é mesmo?

Isso vale para viagens ou para qualquer atividade que você faça, obviamente.

Bom, mas, para sermos mais práticos, vale dizer que a compra de moeda estrangeira é uma forma que se tem para economizar dinheiro na área das finanças em uma viagem.

Como assim?

Você sabia que comprar moeda em espécie é mais barato do que usar o cartão de crédito em viagens internacionais? Isso é pelo motivo da questão dos juros e das taxas.

Por isso, opte pela moeda.

Aliás, quando for trocar a moeda, leve em conta a pesquisa em várias casas de câmbio e bancos. E nunca compre de cambistas porque o barato vai te sair caro, viu.

2 – a alimentação

A alimentação é outra área que pode te trazer economia de dinheiro.

E são vários pontos a se considerar. O primeiro deles é na hora de evitar o consumo dentro dos quartos de hotéis, onde os produtos dos frigobar e da geladeira custam bem caro.

A alternativa é pedir alimentos e pratos em serviços de entrega delivery.

Outra coisa é pensar na possibilidade de frequentar restaurantes mais acessíveis do ponto de vista financeiro. Guias turísticos ou amigos que já visitaram o lugar é uma boa ideia para dar essas dicas.

E tem mais: se você puder, que tal ir ao mercado e comprar algumas coisas de fácil preparo? Não é, do ponto de visa saudável, o mais recomendável. Mas, por alguns instantes, pode te ajudar a quebrar um galho sem furar o bolso.

3 – a compra das passagens

Essa é outra área do planejamento de uma viagem ao exterior que pode te ajudar e muito.

Bom, você sabe que as passagens para outros países são bem caras e consomem boa parte do orçamento todo. Mas, se você comprar antecipadamente tem grandes chances de economizar dinheiro.

Além disso, dá para usar aplicativos e sites que fazem promoções. As próprias plataformas das companhias aéreas fazem esses planos promocionais.

Aí, você pode simular a compra. E note que conforme muda a data, o dia, o horário, a companhia, o destino, a origem você tem valores diferentes. O que quer dizer que quanto maior a sua disponibilidade, mais chances de economia.

Aqui ainda vale a dica de comprar antecipadamente os tíquetes para passeios e atrações. Atualmente, dá para fazer isso pelos sites. Você evita fila, mas também evita pagar mais caro.

4 – o transporte

Você pode não estar acostumado porque isso não funciona muito bem aqui no Brasil, mas é importante saber que em vários países ao redor do mundo, o transporte é de excelência.

Isso quer dizer que você paga pouco e tem conforto. Então, aqui fica a dica para você que quer economizar dinheiro com o transporte local.

Aliás, considere o seu planejamento para saber a sua estadia, onde fica o seu passeio, o centro comercial, etc. Essa pesquisa te ajuda e ter um deslocamento menor, logo, menos dinheiro gasto.

Ah, e tem mais detalhes interessantes aqui: em países europeus, principalmente, o transporte público vai além dos ônibus, temos também metrôs ótimos e trens.

5 – a hospedagem

Por último, mas não menos importante, o que temos é a hospedagem. Bom, você sabe que se ficar em um hotel de luxo vai gastar mais, né. E além dos hotéis mais baratos, temos também outras opções de estadia.

Tem pousadas, tem apartamentos, tem espaços. Assim como aqui no Brasil temos serviços de estádia diárias, por lá também. Eis que falamos de aplicativos como Airbnb e outros.

Então, estando na Europa dá para você mudar de país como se muda de cidade aqui no Brasil. Logo, pagar uma diária em um lugar mais barato pode te ajudar a conhecer vários lugares em um curto período de tempo.

E sem gastar muito, claro.

Considere também estudar as opções que tem refeições, conforto, serviços. Mas, não se prenda à isso, afinal, você vai usar sua hospedagem, na maior parte do tempo, para dormir apenas.

Planeje e faça acontecer!

E aí, incrível essas dicas não é mesmo? Portanto, aqui trouxemos algumas ideias de como economizar dinheiro na sua viagem internacional, que pode, inclusive, sair mais barata do que uma viagem para outras regiões do Brasil.

A melhor saída é sempre pesquisar, fazer as contas e se esforçar para realizar os seus sonhos.

PROPAGANDA