Confira 3 dicas para gastar menos no cartão de crédito

11

Você também é daquelas pessoas que sempre ficam estudando como gastar menos no cartão de crédito? Isso porque a fatura sempre vem mais alta do que você imaginava, não é mesmo? O bom é que isso tem solução. E é bom pensar na solução logo, antes que a fatura se torne “impagável”, né.

Assim sendo, a gente fez um estudo bastante simples aqui e escolhemos as 3 melhores dicas que os especialistas dão para quem está preocupado com essa questão do cartão de crédito. E, obviamente, dos altos valores das faturas dele.

Aliás, é muito inteligente da sua parte pensar nisso desde já. Isso porque o cartão de crédito hoje em dia é o produto que tem a maior taxa de juros do mercado financeiro no mundo. Portanto, atrasar a parcela e o pagamento não é uma boa ideia, nunca!

Mas, então, como é que faz para reduzir os gastos do cartão de crédito? Obviamente, é preciso usar menos essa forma de pagamento. E a gente tem umas ideias inteligentes para você fazer isso de um jeito mais simples e menos doloroso. Veja abaixo.

PROPAGANDA

1 – Outras formas de pagamento

A primeira das ideias é a mais simples de todas que você vai ler aqui. Se você está tendo muitos gastos no seu cartão de crédito, então, passe a optar por outras formas de pagamentos de contas e de compras. Por exemplo, prefira o cartão de débito ou o pagamento à vista, em dinheiro.

É claro que isso será bem complicado para quem está acostumado a usar, somente, o cartão de crédito. Só que é uma das formas mais efetivas que se tem atualmente de gastar menos no cartão de crédito.

Obviamente, você vai ver que se não tem dinheiro na conta, não vai poder fazer a compra. Isso é ruim porque você vai se frustrar, mas é bom porque você vai diminuir drasticamente a sua fatura do cartão. Que, por sinal, é o que importa para nós agora.

E também é importante que você note que pagar à vista ou no débito também tem as suas vantagens. Por exemplo, quase sempre dá para contar com descontos para esse tipo de pagamento. E que seja de 5% ou 10%… Isso já faz toda a diferença, né.

5 dicas para fazer o bom uso do cartão de crédito

2 – Os objetivos financeiros

Tem uma dica que muita gente deixa passar porque acha que não tem nada a ver com o cartão de crédito. Só que tem sim. E é essa questão dos objetivos financeiros mesmo, viu. A gente já vai explicar porque isso tem a ver com o cartão.

O fato é que quando a gente não tem objetivos financeiros na vida, a gente fica sem motivação para guardar dinheiro ou mesmo para criar uma lista de prioridades. Então, usar o cartão de crédito se torna algo habitual, comum e até mesmo natural.

Por outro lado, quando você tem uma lista de prioridades, fica mais fácil saber para quê você vai usar o seu dinheiro do mês. E, dessa forma, dá para definir, por exemplo, quando usar o cartão de crédito e quando não usar o cartão de crédito.

Nesse caso, o seu principal objetivo pode ser o de reduzir a parcela do cartão de crédito!

De modo geral, qual é a recomendação? Para quem está com a conta muita alta no cartão, a melhor dica é aquela que diz para evitar as compras no cartão e deixar ele somente para imprevistos. Pelo menos, até que a conta abaixe e fique zerada.

Portanto, evite pagar as compras de mercado com o cartão. Assim como outras compras mais corriqueiras e deixe ele apenas para um imprevisto que possa vir a surgir no fim do mês, que é quando você estará sem dinheiro.

3 – Os hábitos consumistas

Por último, temos aqui uma dica que é a que pode mais fazer diferença na sua vida. Sabe por quê? Porque as pessoas têm hábitos consumistas e nem notam. Mas, quando notam e conseguem mudar isso, o resultado é sempre ótimo, eficaz e totalmente econômico.

Por exemplo, você quando sai de casa sempre leva o seu cartão de crédito com você? Isso é bem comum. Mas, saiba que isso pode te forçar a fazer compras que nem sempre você precisaria fazer. Isso porque ele nos dá a ideia de ter o dinheiro o tempo todo no bolso.

Então, sim, é uma boa ideia deixar o cartão em casa. Escondido. Especialmente, se você fica muito na internet e tem feito compras online também.

Outro hábito consumista que pode estar te atrapalhando de gastar menos no cartão de crédito é o de não pensar sobre gastos essenciais e supérfluos. Por exemplo, se você está gastando muito no cartão, saiba que tem que reduzir o que não é essencial na sua vida.

Os gastos essenciais são aqueles que são extremamente importantes para a sua sobrevivência. Diferente dos gastos supérfluos, que são para a sua comodidade. Nos essenciais entram a alimentação, energia, água, etc. Já o pacote de TV, internet e telefone não são tão essenciais assim, são?

Bônus – O número de cartões

Para terminar o conteúdo, vamos falar de uma coisa muito séria. Se você tem vários cartões de crédito, saiba que tem vários problemas nas mãos. Isso porque a ideia de ter um já é suficiente para o que você precisa.

Assim, mesmo que eles sejam gratuitos, o fato de ter um cartão em mãos vai sempre te influenciar a gastar mais do que você deveria. Por isso, evite ter mais do que 1 cartão de crédito e evite ter limites muito altos também.

Isso tudo compromete a sua fatura, que podem ser várias e com valores altos, o que é um grande problema. E você sabe como é difícil ter que tirar do orçamento um valor alto para pagar o cartão, não sabe?

PROPAGANDA