Aprenda com os bancos como usar os juros compostos a seu favor

15

Você já parou para pensar como é que os bancos ganham dinheiro? Se nunca parou para pensar nisso, saiba que essas instituições financeiras são, atualmente, as que mais lucram no mundo inteiro. E isso faz algum sentido, afinal, elas sabem como lucrar… E você também pode fazer isso quando começar a usar os juros compostos a seu favor.

Então, por que não aprender com os bancos como ganhar dinheiro? Para isso, vamos precisar entender uma coisa bem simples antes: os juros compostos. Para quem não sabe, esse é o chamado juros sobre juros. E a boa notícia é você pode usar isso a seu favor também.

Ficou curioso para saber como os bancos fazem, né? Vamos explicar isso abaixo. Assim como vamos falar também sobre como usar os juros sobre juros a seu favor. Na verdade, você não precisa de muito, a não ser virar a chavinha!

O que é virar a chavinha?

Virar a chavinha é um termo usado que quer dizer algo como “pensar diferente”. E é exatamente isso que estamos sugerindo a você. Pense diferente a partir de agora para você ver os efeitos que isso vai trazer na sua vida.

PROPAGANDA

O pensar diferente aqui quer dizer uma coisa só: deixe de fazer empréstimos ou financiamentos e comece a fazer investimentos. No fim, eles são bem parecidos. Com a diferença que nos investimentos você ganha dinheiro.

É fácil entender isso também. E aqui a gente começa a entender como os bancos ganham dinheiro. Vamos lá: os bancos emprestam dinheiro para as pessoas através de empréstimos e financiamentos, correto?

Saiba como baixar o novo aplicativo do Banco do Brasil no celular

O resultado disso é que as pessoas pagam juros nos empréstimos e financiamentos. Em um exemplo hipotético, a pessoa que pegou R$ 5 mil do banco, ao longo de 48 meses, vai acabar pagando mais de R$ 8 mil. Isso porque ela vai pagar o valor com juros acrescidos.

Então, apenas nesse exemplo, o banco ganhou R$ 3 mil sobre a pessoa, né. E olha que os R$ 5 mil que o banco emprestou nem faria tanta diferença para ele. Mas, tudo bem, é um jeito que eles têm de lucrar: através dos juros.

Como virar a chavinha?

Note que se você é a pessoa que pegou o empréstimo do banco, você acabou pagando R$ 3 mil a mais, né. Então, nada bom para você. Porque você precisou de R$ 5 mil e usou R$ 5 mil para fazer o que queria. Agora, no entanto, vai ter que pagar R$ 8 mil.

Bom, como virar a chavinha? É só você pensar o contrário. Ao invés de ficar fazendo empréstimos nos bancos, comece a emprestar dinheiro para ele. Como? Fazendo investimentos. O investimento é exatamente como um empréstimo…

Só que no caso é você quem empresta o dinheiro e aí, assim como o banco fez, você também vai receber juros por isso. Isso é o que chamamos de usar os juros compostos.

É claro que não vai ter tantos juros como o banco ganha, mas ainda assim é melhor receber juros do que pagar juros, concorda?

Então, vamos supor que você tenha emprestado R$ 5 mil para o banco. Aí, no longo do tempo, em 36 meses, você vai poder resgatar o seu dinheiro. E não vai pegar somente os R$ 5 mil, você vai pegar um valor agregado com juros, o que deve dar algo como R$ 6,5 mil.

Não é os R$ 8 mil que a pessoa que fez o empréstimo pagou. No entanto, você percebe que você ganhou R$ 1,5 mil de juros? É pouco dinheiro? Pode até ser, mas note que você ganhou dinheiro apenas por emprestar o seu dinheiro ao banco.

E é exatamente isso que os investimentos financeiros faz. E note que você ganhou dinheiro usando os juros compostos a seu favor, como o banco faz.

Como usar a chavinha a seu favor?

Agora que você sabe o poder que a chavinha tem na sua vida, a escolha é sua! Você pode continuar pegando empréstimos e financiamentos e pagando os juros ao banco. Ou você pode emprestar dinheiro ao banco e receber os juros por isso.

É complicado sim, mas uma mudança de escolha na sua vida pode fazer a diferença.

Ah, e agora você pode estar falando que não tem os R$ 5 mil para emprestar ao banco, né? Isso é bem possível porque a maioria das pessoas não tem. Só que considere que tem investimentos que não exigem muito. Dá para começar com R$ 50, por exemplo.

Então, você não precisa ir lá e colocar R$ 5 mil no banco. Sabe, você pode depositar R$ 50 todos os meses. E com o tempo, se não sacar o seu dinheiro, você vai acumular um bom patrimônio. E isso é legal porque você ganha juros.

Quanto receber de juros ao virar a chavinha?

Por último, observe que se você virar a sua chavinha vai começar a ganhar dinheiro e juros e isso é caminhar para a riqueza. Quanto aos juros, cada banco e cada opção de aplicação tem um rendimento.

O mais importante de tudo, além dos números, é você começar a usar os juros compostos a seu favor. Esse, sem dúvidas, é o primeiro passo.

O mais comum é receber 100% do CDI, o que dá aí algo como 5,9% ao ano. Isso pode parecer pouco no curto prazo. Considerando aquela aplicação de R$ 50 mensal, por exemplo, em 1 ano, dá o acumulo de R$ 600 que você guardou e mais R$ 15 de juros.

Só que no longo prazo faz toda a diferença. Em 10 anos, você terá R$ 6 mil que foram poupados por você e mais de R$ 2 mil de juros. O que soma um total de R$ 8 mil. E isso começa a fazer mais sentido com o tempo e com o valor que você investe.

PROPAGANDA