page contents

INVESTIMENTOS Maysa Carvalho

Tesouro Direto: Quais os Tipos e Como Envestir.

Tesouro Direto: Quais os Tipos e Como Envestir.
Tesouro Direto: Quais os Tipos e Como Envestir.
5 (100%) 1 vote

Já ouviu falar sobre Tesouro Direto? Você não sabe o que é e nem como funciona? Você tem medo de investir por acreditar que é um investimento de alto risco? Nesse caso, aconselhamos você a continuar a leitura que vamos explicar o por que você deve investir sobre esse ativo.

Esse tipo de investimento é a modinha dos investidores conservadores, devido a sua valorização nos últimos anos e a contribuição que ele gera para o país. Então, é importante antes de começar a investir que você estude tudo relacionado a esse ativo.

A fim de ajudar você nesse processo, criamos este post onde vamos ensinar tudo sobre o Tesouro Nacional. Não fique por fora, continue a leitura e confira agora mesmo!

O que é?

O Tesouro Direto nada mais é que um tipo de investimento de Renda Fixa, instituído pelo Programa do Tesouro Nacional e desenvolvido pelo BM&G Bovespa.

Tesouro Direto o que e

Seu maior objetivo é a venda de títulos federais para os investidores, ou seja, o governo federal faz um empréstimo com você. Dessa forma, no final do investimento você recebe seu rendimento em troca deste empréstimo e o governo federal utiliza o seu capital para realização de melhorias no país.

Mas você deve estar questionando sobre a segurança desse investimento? Tem medo do que ocorreu no passado quando o governo confiscou a poupança? Não é mesmo? Então não se preocupe, o Tesouro Direto é um dos investimentos mais seguros e com baixo risco, devido ser 100% garantido pelo Tesouro Nacional.

Quais os tipos de Tesouro Direto?

No mercado financeiro brasileiro, o Tesouro Direto, é ofertado com dois tipos de títulos. Confira agora!

Pré-fixada

Como o próprio nome diz, no momento de aquisição do título, você sabe todos os custos e quanto terá de rendimento no final. Ele é indicado em casos que você não consegue estimar as taxas dos títulos pós-fixados, crise financeira nacional e para as pessoas que são bem conservadoras.

Pós-fixado

Nos títulos pós-fixados, diferentemente do pré-fixado, sua rentabilidade e custos somente é conhecida no momento do resgate. Então no momento na aquisição, você somente precisará escolher entre o índice de inflação (IPCA) ou a taxa básica da economia (Selic).

Quais as vantagens de investir em Tesouro Direto?

Agora que já entendeu como funciona o Tesouro Direto, chegou a hora de entender as vantagens que esse ativo proporciona para você.

  • alta rentabilidade
  • perfil conservador
  • segurança
  • liquidez
  • facilidade
  • flexibilidade
  • acessibilidade

Quais as desvantagens de investir nesse ativo?

Como qualquer outra coisa, o Tesouro Direto também tem as suas desvantagens. Confira abaixo quais são elas!

  • Demora no resgate
  • Votalidade dos preços
  • Taxa da B3
  • Custos da corretora

Como investir?

Gostou desse tipo de investimento? Então aprenda agora o passo a passo de como começar a investir.

Abertura de conta

O primeiro passo para investir em Tesouro Direto, é a abertura de conta-corrente em uma instituição financeira ou corretora de valores. Caso você já tenha, pode utilizar ela ou escolher outro agente de custódia.

Esse momento é muito importante você escolher bem, pois ela irá realizar a intermediação das suas transações. Então verifique os custos de cada uma, se possui um suporte ágil, se ela é habilitada para operar com o Tesouro Direto.

Cadastro

Depois de escolher a instituição e abrir a conta-corrente, você receberá um acesso restrito à plataforma de compra e venda do Tesouro Direto. Nela você conseguirá realizar as movimentações, consultar saldos e extratos, além de acompanhar de perto seus investimentos.

Escolha do título

Chegou a hora de começar a investir, então escolha o título que você mais gostou, mas antes peça ajuda ao consultor financeiro de sua instituição financeira ou corretora para garantir a escolha correta.

Comece investindo com cautela e vá aumentando aos poucos, de acordo com a sua bagagem, prática e conhecimento. É importante diversificar seu investimento em títulos diferentes, assim você consegue minimizar os riscos e aumentar sua rentabilidade.

Acompanhamento

Acha que acabou? A aquisição do título é o início, pois você deve acompanhar a performance de seus títulos e mercado financeiro também, através das notícias que podem impactar a sua valorização e desvalorização.

Este post ajudou você a entender o que é o Tesouro Direto, o seu processo, como investir e suas vantagens e desvantagens. Vale ressaltar que o investimento deve ser feito com cautela, alinhado ao seu perfil de investidor e seus objetivos. Não esqueça de conferir os custos de cada título com sua instituição financeira ou corretora, antes de começar a investir.

Não perca mais tempo, comece hoje mesmo a investir nesse ativo e faça com que seu dinheiro trabalhe para você! Aproveite a visita em nosso blog, leia agora mesmo o post “O que é Renda Fixa e por que investir” e se torne um especialista nesse tipo de investimento!

Posts Relacionados

Sobre o autor | Website

Graduada em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário UNA. Atuo nas áreas administrativa e financeira há mais de oito anos, com destaque para o desenvolvimento e coordenação de atividades de treinamento, tendo inclusive obtido a certificação ISO-9001.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
DMCA.com Protection Status